Beber à noite evita pedras nos rins



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Pedras nos rins: Beber à noite impede: Pequenas mudanças de comportamento reduzem o risco de doença

Dor infernal e cãibras na região lombar, muitas vezes combinadas com náuseas e vômitos - é assim que os pacientes descrevem a passagem de uma pedra nos rins. Segundo estimativas, cerca de cinco por cento dos alemães carregam esses depósitos a partir de sais. Mesmo pessoas preocupadas com a saúde podem prevenir pedras dolorosas com pequenas medidas.

"As pedras nos rins se desenvolvem quando certas substâncias estão muito concentradas na urina e formam cristais que continuam a crescer", explica o Dr. Reinhold Schaefer, urologista e porta-voz da rede médica Uro-GmbH North Rhine. Ímpios: Muitos permanecem sem serem detectados até começarem a caminhar. Apenas um exame de ultra-som revela pedras nos rins. A maneira mais eficaz de prevenir pedras nos rins é o fluido. Não apenas a quantidade, mas também o momento certo influencia a concentração da urina. A maioria das pessoas bebe muito durante o dia e pouco à noite, para não precisar usar o banheiro à noite. Esse comportamento favorece a formação de pedras. Portanto, os urologistas recomendam que você se trate de um copo antes de ir para a cama. O melhor é água e chá de ervas ou frutas. A adição de suco de limão também ajuda a evitar a cristalização. Em princípio, uma dieta pobre em proteínas, sal e baixo teor de gordura protege contra cálculos renais em favor de alimentos misturados equilibrados. A atividade física também garante que pequenas pedras não fiquem presas nos rins. (PM)

Informação do autor e fonte


Vídeo: Pedra nos rins e dieta. Dr. Cassio Andreoni CRM


Artigo Anterior

Cura de dente de leão: tenha cuidado com anticoagulantes

Próximo Artigo

Amplo protesto contra a engenharia agro-genética