Vírus da hepatite A em fatias de iogurte de morango?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O fabricante "Aerzener Brot und Kuchen GmbH" adverte contra o consumo de seu produto "fatias de iogurte de morango Natreen 400 g". Lotes individuais podem conter vírus que desencadeiam a hepatite A. Os consumidores que já compraram o alimento nunca devem comê-lo. .

Com um relatório recente, a Aerzener Brot und Kuchen GmbH informou as autoridades e os consumidores de que lotes individuais do produto "Natreen Morango com Iogurte Fatiado 400 Gramas" podem estar contaminados com vírus da hepatite A. Segundo a empresa, todos os produtos afetados já estão afetados removido das prateleiras dos supermercados como parte de um recall.

Morangos importados podem estar contaminados com o vírus da hepatite A O recall foi iniciado porque o fabricante foi informado pelas autoridades responsáveis ​​de que os morangos importados da China poderiam estar contaminados com o vírus da hepatite A. Surgiu uma primeira suspeita depois que autoridades na Bélgica testaram morangos testados em laboratório do mesmo fornecedor. Consequentemente, a contaminação que pode ter ocorrido não surgiu durante o processo de fabricação na Alemanha, mas já no exterior. No entanto, esses morangos também foram usados ​​para produzir as "fatias de iogurte natural de morango" com um peso de 400 gramas

Depois de anunciar as informações oficiais, o fabricante de alimentos para as "fatias de iogurte natural de morango" iniciou uma investigação imediata e interrompeu a produção. Além disso, a empresa e o pré-fornecedor organizaram um teste de laboratório. Felizmente, nenhum vírus da hepatite A foi encontrado até agora nos morangos. No entanto, o resultado final oficial da autoridade de inspeção de alimentos ainda está pendente.

Não consuma, mas leve-o de volta à loja De acordo com o fabricante, os morangos contaminados podem ter entrado em produção, e é por isso que certos lotes foram removidos da loja por precaução. Há um total de quatro cortes em cada pacote. Os números de lote são afetados: lote L 12048 com prazo de validade até 05/2013, lote L 12083 com prazo de validade até 06/2013, lote L 12114 com prazo de validade até 07/2013, lote L 12145 com prazo de validade até 09/2013, lote L 12180 com prazo de validade até 10/2013 e lote L 12297 com prazo de validade até 01/2014.

Os consumidores que já compraram os lotes mencionados não devem, em circunstância alguma, consumir o produto, mas devolvê-lo à loja. O preço da compra será reembolsado na apresentação do recibo. O supermercado pode então descartar o produto adequadamente. Até agora, os estados federais de Berlim, Brandemburgo, Baixa Saxônia, Renânia do Norte-Vestfália, Renânia-Palatinado, Sarre e Turíngia foram afetados.

A hepatite A é causada por vírus. O principal sintoma da doença infecciosa é a inflamação aguda do fígado. A doença geralmente cura sem complicações sérias. Nos casos mais comuns, os vírus são transmitidos através de alimentos ou água potável contaminados. O período de incubação é de 25 a 30 dias. Os primeiros sintomas são náusea e vômito, diarréia, fadiga, febre, evacuações leves e urina escura. A icterícia raramente ocorre.

Atualização 25 de novembro de 2012: As amostras colhidas pelas próprias autoridades também foram consideradas infrutíferas. Isso significa que não foram encontrados vírus da hepatite nas amostras. Resultados de amostra adicionais estarão disponíveis no início desta semana. Além disso, a suposição original de que os morangos vendidos na Bélgica são idênticos aos processados ​​na Alemanha não parece confirmada, como afirmou a empresa em comunicado hoje. sb)

Foto: fabricante

Informação do autor e fonte



Vídeo: GELADOS DE IOGURTE COM MORANGOS SEM AÇÚCAR, saudáveis e deliciosos


Artigo Anterior

Muitas mulheres também roncam

Próximo Artigo

Greve de alerta na clínica HELIOS