O pequeno Luiz Antonio se torna vegetariano



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Luiz não quer mais comer animais: um vídeo na internet inspira a comunidade vegetariana

Muitos pais se perguntam por que meu filho diz "couve de Bruxelas" ou "não quero comer couve-flor". A resposta é muito simples: é principalmente devido à dieta socializada dos pais. Se os pais tiverem mais chances de pegar batatas fritas e costeletas, a criança não começará a comer vegetais apenas a pedido dos pais. Especialmente quando não é apetitoso, mas apenas suavemente preparado. Porque tudo o que os grandes fazem é modelado e aprendido pelos pequenos.

Mas também parece haver crianças que não querem comer o que seus pais estão fazendo. Eles parecem estar um pouco adiantados, porque rejeitam o consumo de animais mortos devido a um sentimento básico (compassivo). Luiz Antonio, de Portugal, é um deles.


http://www.youtube.com/watch?v=fRNNzMZgrzs

Em um vídeo na Internet que está passando por um verdadeiro hype nas comunidades, ele se recusa a comer animais. Luiz está sentado à mesa da cozinha de sua mãe. À sua frente, um prato de arroz, batatas, nhoque e anéis de lula. Ele olha para todos os pratos e parece estar se perguntando o que sua comida tem a ver com lulas que realmente nadam no mar. "Isso não é uma lula de verdade, é?", Ele pergunta à mãe. Porque ele está surpreso que as lulas não tenham mais cabeça. Ele então explica à mãe que a cabeça não está mais nadando no mar, mas está no mercado de peixe. Agora ele percebe que o animal foi cortado para a preparação dos alimentos e chama em português "Por que apenas, por quê?"

São animais, não quero comê-los! Luiz agora olha para a mãe com os olhos arregalados. Ele adverte: "Existem animais!" Ele pensa agora e percebe que a alienação da comida está acontecendo aqui. Porque os animais devem ser mortos para que possam ser comidos. O menino não quer entender por que as pessoas matam animais. "Eu não quero que eles morram! Você tem que cuidar deles. E não comê-los!" A mãe dele fica impressionada com as declarações do filho. Ele tem muita compaixão pelos animais. Batatas e o arroz.

Não foi apenas sua mãe que convenceu Luiz. O garoto recebeu muita aprovação em inúmeros comentários no "Youtube" e "Facebook". Como um comentarista escreveu: “Ele está certo, eu também não quero mais comer animais. Sinto-me mal por estarem sofrendo para que eu possa ficar cheio ".

Enquanto isso, o vídeo foi clicado mais de 3 milhões de vezes em todo o mundo e comentado no YouTube mais de dez mil vezes. O vídeo provocou uma nova discussão, pelo menos nas redes sociais, sobre o significado e o absurdo do consumo de carne. sb)

Informação do autor e fonte



Vídeo: O que eu acho dos vegetarianos que comem peixe?


Artigo Anterior

Exame de sangue para dioxina não faz sentido

Próximo Artigo

Pacientes queixam-se de informações precárias sobre medicamentos