Piercing na língua como um palito para cadeiras de rodas



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Como uma cadeira de rodas pode ser controlada com a língua

O piercing na língua controlará computadores e cadeiras de rodas no futuro. Pesquisadores americanos desenvolveram a tecnologia para beneficiar pessoas cujos braços e pernas estão paralisados. Na revista científica "Science Translational Medicine", eles explicam como funciona o piercing na língua.

Os comandos de língua são transmitidos para a cadeira de rodas por meio de um iPod.Um pequeno piercing na língua permite determinar a posição da língua à qual certos comandos estão vinculados. A posição alterada da língua é registrada usando as alterações nos campos magnéticos por meio de sensores. Os pesquisadores liderados por Maysam Ghovanloo, do Instituto de Tecnologia da Geórgia, em Atlanta, desenvolveram o sistema com o qual os paraplégicos, que geralmente não conseguem mexer os braços ou as pernas, podem controlar uma cadeira de rodas. Os comandos de idioma vão para um iPod, que envia os comandos para uma cadeira de rodas ou um computador.

Para testar a nova tecnologia, onze paraplégicos e 23 pessoas saudáveis ​​testaram a funcionalidade do piercing na língua. Entre outras coisas, eles tiveram que digitar um número de telefone com o controle de língua, clicar em certos objetos no computador e concluir uma pista de obstáculos em uma cadeira de rodas elétrica. "Todas as figuras-chave melhoraram no decorrer do estudo", escrevem os pesquisadores na revista especializada. Os participantes do estudo já estavam familiarizados com a tecnologia após meia hora.

"A flexibilidade do 'Tongue Drive System' (TDS) e as propriedades inerentes à língua humana deram às pessoas com deficiências motoras graves acesso a computadores e cadeiras de rodas controladas em velocidades mais rápidas que as tecnologias assistivas convencionais, mas ainda assim atingiram sua precisão", relatam Ghovanloo e colegas.

Algumas semanas atrás, pesquisadores de Göttingen apresentaram um sistema de controle de cadeira de rodas controlado pelos músculos da orelha. Os sujeitos do teste treinaram o uso dos músculos da orelha usando software. ag)

Imagem: Dieter Schütz / pixelio.de

Informação do autor e fonte



Vídeo: FOI BOTAR UM PIERCING NOVO E QUASE DESISTIU DE TANTA DOR!


Artigo Anterior

Teste: Muitos germes em saladas

Próximo Artigo

Cada terceiro filho nasce por cesariana